RSS

Arquivos mensais: Dezembro 2007

>Ontem, Hoje e Amanhã

>

Olho para trás e estes últimos anos… estes últimos, que não são nem um, nem dois, nem dez, mas sim os anos da nossa vida em comum, aqueles em que construímos o nosso porto de abrigo, o nosso ninho, o nosso ponto de referência… estes, apesar das dificuldades, das contrariedades, dos pequenos episódios menos bons que afinal foram aqueles que nos fortaleceram… apesar de tudo, foram os mais felizes da minha vida.
Eu sou uma mulher afortunada em ter-vos ao meu lado… Acho que ninguém se põe a pensar nas voltas que a vida pode dar… mas todas, todas quantas já foram dadas no nosso percurso, convergiram sempre, sempre a nós!…
Eu sou a mulher mais feliz ao vosso lado… E sou a mulher mais feliz do mundo quando penso em vocês, quando penso que vou estar e estou perto, quando sonho convosco, quando sei que tu estás aqui, sempre ao meu lado, quando sei que quando eles me beijam, eles sentem que são tudo para mim.
Eu sou feliz ao vosso lado… ontem, hoje e amanhã!…

Feliz Ano Novo

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em Dezembro 31, 2007 em Carla

 

>Há sempre um dia

>

Há sempre um dia em que a alma diz “basta”, como um grito fechado numa gaveta empoeirada pelo peso do tempo; há sempre um dia em que acordamos fartos de viver o que ainda não existe e queremos fugir do que já vivemos, fugir de nós, fugir de tudo e de todos…
Há sempre um dia em que o mundo cai sobre as nossas costas sem que o possamos mais suster; esse mundo onde o silêncio e o amanhã são almas gémeas que acabam por sacrificar tudo o que ficou para trás, tudo o que foi bom, tudo o que deixou de ser, hoje, aqui e agora…
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em Dezembro 30, 2007 em Carla

 

Solidão interior

Uma única coisa é necessária: a solidão. A grande solidão interior. Ir dentro de si e não encontrar ninguém durante horas, é a isso que é preciso chegar.

Estar só, como a criança está só.

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em Dezembro 29, 2007 em Rainer Maria Rilke

 

>Perdoa

>

Perdoa-me.
Cometi erros e mais erros, passei a vida a cavar nas galerias como uma toupeira, sem ver nada, a andar às voltas como um rato.
Não havia horizonte, não havia futuro.
Nasci para viver num beco sem saída, agora estou no fim do caminho.
Perdoa-me, se puderes.
Se não puderes, …
 
1 Comentário

Publicado por em Dezembro 28, 2007 em Carla

 

>Felicidade

>

Com a felicidade acontece o mesmo que com a verdade: não se possui, mas está-se nela. Sim, a felicidade não é mais do que o estar envolvido, reflexo da segurança do seio materno. Por isso, nenhum ser feliz pode saber que o é. Para ver a felicidade, teria de dela sair: seria então como um recém-nascido. Quem diz que é feliz mente, na medida em que jura, e peca assim contra a felicidade. Só lhe é fiel quem diz: fui feliz. A única relação da consciência com a felicidade é o agradecimento: tal constitui a sua incomparável dignidade.
in “Minima Moralia”

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em Dezembro 27, 2007 em Theodore Adorno

 

A todos um bom Natal

natal2007-1.jpg

A todos um Bom Natal
Que seja um Bom Natal
para todos vós

No Natal pela manhã
Ouvem-se os sinos tocar
E há uma grande alegria, no ar

Nesta manhã de Natal
Há em todos os países
Muitos milhões de meninos, felizes

Vão aos saltos pela casa
Descalças ou com chinelos
Procurar suas prendas, tão belas

Depois há danças de roda
As crianças dão as mãos
No Natal todos se sentem, irmãos

Se isto fosse verdade
Para todos os meninos
Era bom ouvir os sinos tocar

_________________________________________________________

 
1 Comentário

Publicado por em Dezembro 23, 2007 em Lúcia Carvalho

 

>Natal

>O segredo do Natal está dentro de cada um nós…
Reflecte e vive-o intensamente!…

Feliz e Santo Natal

 
1 Comentário

Publicado por em Dezembro 21, 2007 em Carla

 
 
%d bloggers like this: