RSS

>Perdoa

28 Dez

>

Perdoa-me.
Cometi erros e mais erros, passei a vida a cavar nas galerias como uma toupeira, sem ver nada, a andar às voltas como um rato.
Não havia horizonte, não havia futuro.
Nasci para viver num beco sem saída, agora estou no fim do caminho.
Perdoa-me, se puderes.
Se não puderes, …
 
1 Comentário

Publicado por em Dezembro 28, 2007 em Carla

 

One response to “>Perdoa

  1. Å®t Øf £övë

    Dezembro 29, 2007 at 2:36 am

    >Litinha,Como alguém disse um dia, não nos devemos arrepender daquilo que fizemos, mas sim daquilo que deveriamos ter feito, e nunca tivemos coragem para o fazer. Por isso não nos devemos preocupar com os perdões de terceiros, mas sim com o facto de nos sentirmos bem com a nossa consciência.Beijinhos.

     

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: