RSS

Arquivo da Categoria: Gilberto Gil

Se eu morresse de saudade

 

267216.jpg

 

Se eu morresse de saudade
Todos iriam saber
Pelas ruas da cidade
Todos poderiam ver
Os estilhaços da alma
Os restos do coração
Queimado, pobre coitado
Pelo fogo da paixão.

Se eu morresse de saudade
Mandariam lhe prender
O povo suspeitaria
Que o culpado foi você
O seu retrato estaria estampado em cada grão
Do que mim restaria
Feito areia pelo chão

Fantasia, fantasia, sedução
Desde o dia em que segurei sua mão
Se eu morresse de saudade
Nunca iria conhecer
O prazer da liberdade
O dia de lhe esquecer
Se eu morresse de saudade
Não poderia dizer
Que bom morrer de saudade
E de saudade viver

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em Abril 23, 2007 em Gilberto Gil

 
 
%d bloggers like this: